domingo, 1 de junho de 2014

Se me pedires o céu
Eu dou-te nuvens de algodão
Pele que se derrete
Ofereço-te as estrelas
Que iluminam o teu corpo
Dou-te a lua
Para que possas dançar
No meu corpo incansável
Sol que te ama e te dá prazer...
(Cris Anvago)