domingo, 29 de junho de 2014

SENTIR...DEMONSTRAR...

Entre o sentir amor e demonstrar amor
A diferença é enorme
Pode-se sentir amor
Só, calado, quieto
Mas ao extravasar esse sentimento
Deixar escorrer as lágrimas de alegria
Sorrir de emoção
Tocar com carinho e paixão...
Surpreender o ser amado
Pequenos gestos, grandiosos sentimentos
Dizer, abraçar, beijar
Deixar o toque fluir
As mãos de veludo amaciarem o corpo em brasa
Ser fogo, vulcão!
Amar intensamente
Entregar-se sempre
Demonstrar essa mágica emoção
Amar de dentro para fora
Simplificar este sentimento
Emaranhado e perdido entre a razão e o coração
Estranhamente belo e assustador ao mesmo tempo
Por ser Tudo!
Por querer ser infinito
E…o infinito
O…sem tempo
O…para sempre
Assusta
Mas mesmo assim…
É belo amar!
(Cris Anvago)